NOSSA HISTÓRIA

POR QUE MAIS UMA CASA ESPÍRITA?
Voltando no tempo, a memória traz os fatos que fizeram com que um grupo de espíritas peregrinasse pelos centros espíritas do bairro do Ipiranga, após o fechamento da casa espírita onde eles estavam há mais de 20 anos.
E assim, a partir de 2002, começamos a aprimorar a ideia de criarmos um novo espaço, que seguisse as orientações de Alan Kardec em seus livros.
Juntos, decidimos arcar com os custos do empreendimento e fundamos o Lar Kardecista Luz e Harmonia “Chico Xavier” em 08/03/2003.
Depois de muitas reuniões, definimos nossos objetivos, que constam do seu Estatuto de Fundação, logo no início:
“… O Lar Kardecista Luz e Harmonia “Chico Xavier” é uma associação religiosa, filantrópica e cultural, sem fins lucrativos, de duração ilimitada, tendo como finalidades:
“a) Dedicar-se ao estudo e ao ensino da Doutrina Espírita, nos seus aspectos filosófico, e religioso, seguindo a Codificação de Alan Kardec e obras espíritas subsequentes e complementares” e:
“b) difundir a Doutrina Espírita, de forma ética e lícita, amparados no Evangelho de Jesus”.
À medida que nossas atividades foram sendo desenvolvidas, acrescentamos mais um objetivo, também baseados em Alan Kardec, no Livro dos Médiuns, Primeira Parte, Capítulo III, em Método, onde se lê, no último parágrafo, após sua sugestão para quem desejar “adquirir conhecimentos preliminares das suas obras “que leiam o Livro dos Espíritos, O que é o Espiritismo, Livro dos Médiuns, Revista Espírita, no que nos concerne. Mas os que desejam conhecer completamente uma ciência devem ler necessariamente tudo o que foi escrito a respeito, ou pelo menos o principal, não se limitando a um único autor. Devem mesmo ler os prós e contras, as críticas e as apologias, iniciar-se nos diferentes sistemas a fim de poder julgar pela comparação. Neste particular, não indicamos nem criticamos nenhuma obra. Levando nossa pedra ao edifício, tomamos apenas o nosso lugar. Não nos cabe ser ao mesmo tempo juiz e parte e não temos pretensão ridícula de ser o único a dispensar luz. Cabe ao leitor separar o bom do mau, o verdadeiro do falso”.
Esse conselho do Kardec foi fundamental para a diretriz que demos aos nossos trabalhos, cursos, reuniões de estudo e sugestões de leitura a voluntários e frequentadores, que eram presentes nos trabalhos da casa.
Filantropia
Atualmente há o direcionamento para intensificação do item c) do Estatuto que prevê:
“Promover obras de caráter filantrópico e beneficente de natureza educacional, cultural, assistencial, sem distinção de classe, sexo, raça, cor, nacionalidade ou religião”.
Todo projeto se bem conduzido, chega a um ponto de maioridade. É o que está acontecendo com o Lar Luz e Harmonia, com a percepção de que “o velho discurso sem prática deverá ser substituído por efetiva renovação” e, como sugere Bezerra de Menezes:
“A melhor instituição será a que mais expandir as condições para o amor.
O melhor homem será o que mais apresentar tenacidade em amar.
A melhor Casa será a que mais implementar o regime de amor em grupo, imprimindo a seus deveres um caráter educacional”. (no Livro Seara Bendita, pelo espírito Cícero Pereira).
O trabalho assistencial é um dos exemplos do que Jesus fez ao seu tempo na Terra, exercendo a caridade pública, dando oportunidade de trabalho para os voluntários que O seguiam. O mesmo está acontecendo no Lar em uma nova fase de seu trabalho.
Que o engajamento que tivemos inicialmente lá atrás possa se repetir com a mesma alegria que tínhamos então.
Maria Lucia de Sene
Ex Presidente e uma das fundadoras da casa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s